Como escolhi minha Carreira

Quando eu comecei o blog mencionei que eu trabalhava em uma área de poucas mulheres. E hoje estou aqui para falar um pouco mais sobre o assunto.
Com o feminismo, as mulheres foram ganhando cada vez mais espaço no mercado de trabalho e nas mais diversas áreas. Porém, ainda hoje, se ouve muito falar em “serviço de mulherzinha”.
Digamos, que ver mulheres em certas profissões, como por exemplo, motorista de ônibus foi um choque para a cultura machista.
Sim, as mulheres já estão dominando o mundo, mas tudo isso aos poucos.
Eu estou cursando Engenharia da Computação em uma sala em que eu sou a única mulher. E mesmo em turmas maiores, as mulheres não representam nem 10% dos alunos.
Hoje trabalho como Analista de Redes para uma grande empresa de telecomunicações brasileira, mas durante três anos trabalhei para uma multinacional americana, dos quais, quase dois anos trabalhei no terceiro turno, e sempre fui a única mulher. E hoje, trabalhando durante o dia, posso afirmar que menos de 10% dos funcionários voltados para área de TI são mulheres.
Bem, como eu escolhi essa carreira é uma longa história.
Tudo começou no ensino médio, onde quanto mais próximo do final do curso mais pressionado para escolher o que quer fazer da vida você é. Nessa época eu gostava de humanas, minhas redações sempre participavam de concursos e todo mundo dizia que eu “levava jeito” para a área.
Pensei em fazer psicologia, mas no meio do caminho surgiu uma paixão por medicina e achei ter descoberto o que queria fazer.
Descobri que não queria medicina quando comecei à estudar inglês e descobri minha paixão pelo mundo lá fora. Queria viajar! Decidi fazer Relações Internacionais, um curso novo. Consegui bolsa em São Paulo, dois semestres consecultivos e não fui. No primeiro porque meu pai me achava muito nova para morar sozinha, no segundo porque tive medo de morar sozinha.
Resolvi tentar a sorte novamente, mas dessa vez para uma área que eu jamais tinha imaginado… EXATAS!
Consegui bolsa para Ciência da Computação, fiquei feliz. Comecei a pesquisar sobre o curso, sobre tudo o que abrangia, e acreditei ter certeza do que eu queria. E mais uma vez não deu certo. Dessa vez por não ter formado turma para o curso.
A faculdade me ofereceu algumas opções como: ADM, Publicidade e Direito. Não tive interesse em nenhum dos cursos, e quando pensava que iria fica mais um semestre em casa me decidindo, eis que surge uma vaga para Engenharia da Computação.
Nunca havia me imaginado engenheira, mas decidi aceitar e então começar a tão sonhada faculdade.
Hoje, eu vejo que tomei a decisão certa, no tempo certo. Não consigo ver minha vida como uma médica agora, ou como seria a minha carreira formada em Relações Internacionais.
Cai de paraquedas nessa área, e hoje sou apaixonada por ela.

Women-in-Tech

Espero que tenham gostado da minha história.

Beijos e até o próximo post!

Se eu ficar…

Olá pessoal!

Estou há mais de um mês sem postar nada. Precisei de um tempo para colocar os meus pensamentos no lugar.

Agora são exatamente 22:30 de um domingo. Acabei de chegar do cinema e resolvi ligar meu velho computador.

O filme de hoje foi “Se eu ficar” que é baseado no livro de mesmo nome da Gayle Forman.

ifistay

Vamos por partes, assim vocês irão entender o porque estou escrevendo hoje.

Li o livro há duas semana atrás e me identifiquei muito com a personagem principal, Mia Hall.

Alguns perguntariam, você gosta de música clássica? Que instrumento você toca? E a resposta é… eu não me identifiquei dessa forma. O livro/filme traz uma mensagem por trás de todo drama da história. E foi essa mensagem que me trouxe aqui hoje.

Certo dia, eu acordei e pensei “Será que esse blog vai dar certo? Será que falo sobre coisas certas? Será que estou na faculdade certa? No país certo?”, e essas dúvidas me fizeram ver que eu sou um “peixe em Marte”. Eu adoro computação, adoro ter um blog, adoro escrever, mas eu não consigo me “enturmar”, eu não consigo gostar do que “todo mundo” gosta. Me sinto perdida a maior parte do tempo.

Ler o livro me fez debater comigo mesma sobre várias escolhas que eu fiz, ou achava que tinha feito ao longo da vida. E a frase do livro/filme que mais me tocou foi:

“Sometimes you make choices in life and sometimes choices make you” , que em português significa “As vezes você faz escolhas na vida, e por vezes, as escolhas fazem você”.

Eu percebi que eu estou onde eu deveria estar, fazendo o que eu deveria fazer… e eu não preciso tentar ser quem eu não sou para me encaixar nesse mundo e nem tentar procurar outro planeta com pessoas que pensem igual à mim. Eu tenho o meu talento e o meu espaço, e eu posso provar que não é à toa que eu estou aqui. Afinal, não há lei que diga que um violoncelo não possa tocar com uma guitarra!

Quem ainda não leu ou não viu o filme, eu super recomendo!

E me perdoem pela ausência, não vou poder escrever todos os dias, mas vou tentar estar mais por aqui. E EU FICO!

Boa noite e uma ótima semana!

Fabíola Garcia

7 festas de aniversário mais deprimente do que a sua

Pessoal meu tempo está curto e está difícil dar as caras por aqui, mas prometo que em breve darei mais atenção aqui.

Hoje trago um post do blog Não Salvo para vocês!

7festasaniversario

Tempo de mudanças

blogfabiolagarcia

Desde pequenos aprendemos que na vida precisamos traçar metas e objetivos sobre o que queremos na vida. Nem sempre isso é uma escolha fácil, muitas vezes erramos, e no meio do caminho precisamos mudar a estratégia. Mas isso faz parte da conquista dos nossos sonhos.

São as nossas escolhas que nos definem como pessoas. Por isso, volte atrás quando for preciso, desista daquele sonho que já não te define mais, busque o te faz feliz.

Somos movidos por desafios, e cada mudança é um desafio. Aventure-se em explorar o novo, não tenha medo de errar. Não se pode estar certo 100% do tempo, e querer ter certeza de tudo só irá te manter em um ambiente estático.

Hoje, chega ao fim minha jornada de trabalho junto à AT&T. Tenho muito a agradecer pela oportunidade de conhecer profissionais excepcionais, e por ter me propiciado essa bagagem de conhecimento que agora me acompanha para um novo desafio. Foram 3 anos de muito aprendizado.

A partir de agora me lanço na direção de novos objetivos.

Quero agradecer muito o apoio que recebi de todos vocês e o blog com certeza continua!!

 

 

10 táticas para acordar cedo e com mais disposição

Viver o dilema pular da cama ou dormir mais um pouco. Na maioria das vezes o corpo pede a segunda opção.

Se você está acostumado a acordar só depois das 10:00 da manhã não adianta querer acordar às 6:00 no dia seguinte, essa mudança tem que ser aos poucos. Uma boa tática seria diminuir 10 minutos todos os dias no despertador.

Algumas pessoas até conseguem acordar ao som do despertador, mas sem a menor disposição. E na maioria das vezes, o grande culpado pela falta de disposição é a privação do sono. Com o passar dos anos fomos assumindo mais responsabilidades e diminuindo nossas horas de sono. Hoje com trabalho e faculdade, fica difícil dormir mais do que 6-7 horas por noite.

Cada indivíduo tem sua necessidade de sono, alguns ficam muito bem após 5-6 horas de sono, outros precisam de  8 horas. O problema começa quando não respeitamos nossos limites e entramos em divída com nosso organismo, que vai fazer o possível para reaver as horas de sono perdidas nos através de problemas de memória, humor, falta de atenção e, é claro, sonolência.

sono

O Blog Fabiola Garcia preparou hoje 10 dicas para quem quer acordar cedo e mais disposto:

1) Tenha horário para dormir – O corpo pode não ser exato, mas ele é regido por um ciclo chamado circadiano, expressão que significa “cerca de um dia”. Isso porque o organismo organiza suas funções para que ocorram sempre em 24 horas mais ou menos, obedecendo a duração do dia. Esse é o tal do relógio biológico. Manter uma hora certa para dormir e acordar ajuda a regular um pouco mais esse nosso cronograma interno. “Ficar mexendo no nosso ciclo circadiano o desregula. Ao dormir mais tarde, você atrasa o relógio e volta a não conseguir acordar cedo”, esclarece o médico do sono Geraldo Lorenzi. É claro que não é preciso exagerar e ser sempre pontual, mas manter uma rotina faz parte da higiene do sono e ensina o corpo a ter uma frequência.

2) Use e abuse da luz – Um dos reguladores do ciclo circadiano é a luz, já que o corpo tem funções diferentes à noite e durante o dia. Portanto, o sol é um excelente indicador para o corpo que está na hora de acordar. “Abrir a janela de manhã como as avós ou seus pais faziam é uma excelente maneira de dizer para o organismo que já é dia”, pontua o médico do sono Lorenzi. E em dias nublados, mesmo a luz artificial pode ter esse efeito. “Depende, é claro, de sua intensidade”, reitera a pneumologista Sônia Togerio. Em vez de dormir com cortinas ou persianas, que bloqueiam totalmente a passagem da luz matutina, experimente deixar a janela do quarto liberada para a entrada do Sol antes mesmo de ir para a cama.

3) Relaxe antes de dormir –  As vovós também viviam dizendo aos netos para pararem um pouco de brincar na hora de dormir. E, mais uma vez, elas estavam certas! “O mais indicado é não fazer atividades estimulantes, principalmente no caso dos adultos. Trabalhar, por exemplo, excita a mente, ainda mais ficar pensando no que precisa ser feito no dia seguinte”, argumenta a pneumologista Sônia. Ver televisão, navegar na internet, jogar videogame, tudo isso entra na lista de proibições. Mas não precisa parar de cumprir tudo isso assim que o sol se por. Basta separar uma hora para relaxar e ficar longe de tudo isso quando estiver próximo de dormir. Nessas horas, um livro ou uma música relaxante são ótimas pedidas.

4) Não fique enrolando na cama - “Cama é um lugar para dormir e fazer sexo, mais nada!”, sublinha o médico do sono Lorenzi. No máximo, fazer uma leitura, que é algo relaxante. Portanto, ao enrolar na cama, você tira a sensação que lá é um local de sono, o que pode dificultar a chegada do sono à noite. Seu organismo deve reconhecer que a cama é um local de repouso e relaxamento, portanto praticar atividades estimulantes como assistir televisão ou jogar videogame na cama também não são recomendadas. “Para quem tem insônia, por exemplo, ficar muito tempo na cama gera mais ansiedade”, lembra a pneumologista Sônia. A melhor forma de dizer para seu corpo que está na hora de acordar, é levantar logo, sem enrolações. Existem despertadores programados inclusive para que a pessoa seja obrigada a levantar, como o que solta três peças de quebra cabeça e só para de tocar quando todas são colocadas de volta ao lugar.

5) Resista ao botão soneca - Você pode achar que está enganando o despertador, mas é o seu corpo que é feito de bobo ao apertar o botão “soneca” do relógio. “Pode fazer mal, porque se tem um sono fracionado, que é de segunda qualidade, e acaba-se dizendo ao corpo que ele pode dormir assim, o que não é certo”, ensina Lorenzi. O ideal é acordar assim que o despertador toca, e não ficar barganhando mais uns minutinhos.

6) Tome cuidado com a atividade física - A atividade faz muito bem à saúde, e quando feita logo cedo, colabora para a disposição. “O nosso ciclo cicardiano está muito relacionado à temperatura do corpo, quando ele está frio, temos sono. A atividade física eleva o calor corporal, ajudando a despertar melhor”, explica Lorenzi. Por outro lado, fazer exercícios muito perto da hora de dormir tem o mesmo efeito, atrapalhando o sono. “O indicado é sempre fazer exercício três horas antes de dormir”, ensina Sônia.

7) Mantenha o olho vivo no cardápio - Os alimentos também influenciam no sono e sábio foi quem percebeu que o café ajuda a espantar a sonolência. A bebida é rica em cafeína, substância que é estimulante. “Alguns alimentos fontes desse micronutriente devem ser evitados à noite, como café, chá preto, chá verde e chocolate, que são estimulantes”, considera Lorenzi. Mas você pode consumi-los pela manhã, a cafeína melhora a memória, por exemplo. Só que o efeito pode não ser imediato. Um estudo feito no Instituto Federal Suíço de Tecnologia, em Zurique, verificou que pessoas que consumiam bebidas com o micronutriente tinham mais atenção e eficiência logo após a ingestão, além de um aumento no metabolismo. Além disso, pesquisas indicam que proteínas pela manhã podem aumentar características como atenção e memória logo cedo.

8) Dê mais atenção ao seu corpo - As pessoas têm uma determinação genética também sobre seus horários de dormir e acordar, são os cronotipos, que dividem as pessoas entre matutinos e vespertinos, além dos intermediários. Os primeiros tem uma tendência maior a dormir e acordar cedo, enquanto os últimos despertam e se deitam mais tarde. “A maior parte das pessoas é flexível, pode se habituar a acordar cedo”, ensina Lorenzi. Mas saber qual é sua tendência com certeza ajuda a conhecer melhor o próprio corpo. A dica do especialista é aproveitar as férias ou qualquer período sem obrigações de horários e perceber a que horas, sem a privação de sono, o corpo sente necessidade de dormir e acordar, e assim observar como o organismo se comporta. Ou faça o teste e descubra em qual período do dia a sua disposição é maior.

Além disso, existem os curto e longo dormidores, que precisam de menos ou mais tempo para dormir respectivamente. “Isso é muito individual, e pode variar também com a idade”, salienta Sônia. Mas, muitas vezes, a dificuldade em acordar cedo está justamente no fato da pessoa precisar dormir um pouco mais que a média. Nesses casos, oito horas não são suficientes e o saldo de sono sempre fica negativo.

9) Um passo de cada vez – Em vez de fazer uma lista mental de tudo que tem para realizar no dia assim que abre os olhos, foque em planejar apenas os próximos 30 minutos. E pegue leve. Acha que assim aumentam os riscos de esquecer alguma tarefa? Organize-se para fazer uma lista de afazeres antes de sair do trabalho.

10) Consulte um especialista - Se mesmo com todas essas dicas, está difícil conseguir acordar cedo e com disposição, talvez esteja na hora de buscar ajuda profissional. “Se isso atrapalha a vida da pessoa é importante orientação, até para tomar medicação, como suplementos de melatonina, hormônio ligado ao sono”, acredita Sônia.

 Fontes: Minha Vida e M de Mulher

Você passa muito tempo assistindo a filmes e séries? Saiba como não prejudicar a sua visão

Quantas horas você chega a passar assistindo as suas séries e filmes favoritos? Aqui no Blog da Fabíola Garcia já listamos alguns filmes que merecem que você fique horas e horas sem nem piscar em frente à TV ou computador. Mas, apesar disso, é preciso estar atento para que a saúde dos olhos não seja prejudicada.

Segundo a Psafe, oftalmologistas alertam que é importante ficar atento a sintomas como cansaço visual, sensação de peso nas pálpebras ou na fronte, vermelhidão, ardência, lacrimejamento, coceira, sensibilidade à luz e visão embaçada. Confira algumas orientações sobre o assunto e aproveite suas séries e filmes online sem problemas:

  1. Passar muito tempo com a visão fixa em um único ponto pode ressecar os olhos. O ideal é aumentar o número de piscadas para estimular a produção de lágrimas. Se isso não adiantar, é importante pedir a um oftalmologista a recomendação de um lubrificante ocular.
  2. Para quem utiliza lentes bifocais, o indicado é fazer com que o monitor fique um pouco mais abaixo do que o normal. Isso facilita o uso das lentes e evita a movimentação do pescoço e da cabeça para trás.
  3. A má postura também causa problemas de visão. O ideal é sentar com as costas eretas, tronco em ângulo de 90 graus e plantas dos pés apoiadas no chão. A cabeça deve estar alinhada com o tronco e o olhar voltado levemente para baixo.
  4. Ainda que seja difícil sair da frente do computador quando os episódios de uma temporada estão muito bons, é importante fazer pausas de 10 minutos a cada meia hora.
  5. Se a tela estiver posicionada acima da linha do olhar, será preciso manter os olhos mais abertos para conseguir assistir. Evite que isso aconteça.
  6. Se perceber brilhos ou reflexos na tela, tente mudar de ângulo.
  7. Fique atento à iluminação do ambiente.
  8. Posicione-se, no mínimo, a dois metros de distância da tela.
  9. Ar-condicionado ou ventilador direcionado para o rosto também ajudam a ressecar os olhos. Evite.
  10. Consulte um oftalmologista regularmente.

Anéis de noivado nerd – part II – Avatar: The Last Airbender

Quando escrevi o primeiro post  “Anéis de noivado nerd” pensei que seria só mais um post com alguns anéis interessantes, mas aí surgiu o “Anéis de noivado nerd – part II“, com modelos ainda mais nerds.

Hoje, navegando pelo Pinterest, encontrei anéis de noivado baseados no anime “Avatar”.

Quando comecei a assistir não pensei que fosse me apaixonar por essa série.

A série “A lenda de Aang” possui 61 episódios dividos em 3 livros (temporadas) Água, Terra e Fogo.

Nessa história o mundo é dividido nas nações Água, Terra, Fogo e Ar, onde parte de seus habitantes são dobradores do elemento que representa sua nação. Por exemplo, temos dobradores de água, terra, fogo e o Avatar é o último dobrador de ar que restou após o templo em vivia com os monges ser destruído pela nação do fogo.

A nação do fogo tem como missão dominar o mundo conquistando todas as outra nações. O mundo vivia uma guerra, várias nações sendo destruídas e só o Avatar, que domina os 4 elementos poderia salvar o mundo.

O enredo traz Aang (0 Avatar) e seus amigos percorrendo o mundo em busca de mestres que possam ensinar Aang a ter o domínio de todos os elementos e então derrotar o “Senhor do Fogo”.

É uma história muito rica em lições de amizade e amor ao próximo.

Mas como o tema principal são os anéis de noivado… aqui estão eles:

avatar

Aqui temos os anéis que representam as quatro nações que eu mencionei (Ar, Terra, Fogo e Água) e a Ordem da Lótus Branca, que é complicado explicar sem fazer spoiler, mas quem assistiu a série deve se lembrar ;)

avatar

E aqui os anéis que representam os personagens.

Aang é o Avatar e personagem principal da história.

Depois temos Sokka e Katara que são irmãos nascidos na nação da água. Eles encontraram o Avatar Aang que estava desaparecido há 100 anos.

Toph é uma menina cega que parece inofensiva. Ela vem da nação da Terra e foi escolhida por Aang para lhe ensinar a dobra da Terra.

Zuko é sobrinho de Iroh e filho do Senhor do Fogo. Zuko foi banido da nação do fogo e para recuperar sua honra deveria encontrar o Avatar e levá-lo ao seu pai.

 

 

avatar

Iroh é tio de Zuko, um senhor sereno, mas muito poderoso. Sua missão é ajudar Zuko a encontrar seu caminho.

Uncle_Iroh_from_Avatar_-The_Last_Airbender

Espero que tenham gostado!

Beijo e até o próximo post ;)

Indicação da Semana: Brou’ne Freeze

Como faz muito tempo que eu não lanço aqui uma Indicação da Semana, acho que já passou da hora né?

A indicação de hoje não precisa de muita descrição, a foto já se descreve:

broune freeze

Esse maravilhoso milk shake é a mistura desse incomparável brownie:

brone

… batido com sorvete de creme recheado e coberto com nutella (opção de doce de leite) e chantilly!

Uma bomba calórica maravilhosa!

Sou viciada nessa sobremesa!

Como sou de Campinas, costumo frequentar duas lojas a Shopping Galleria e a do Shopping Iguatemi. Há aqueles que dizem que é tudo a mesma coisa, mas eu vejo diferença de uma franquia para outra. Nesse caso prefiro a loja do Galleria.

Mas independente de qual loja, vale a pena provar!

 

12 histórias super sombrias por trás dos seus filmes favoritos da Disney

1. A Pequena Sereia

A Pequena Sereia

 Quando as sereias morrem, elas se tornam espuma do mar e deixam de existir. No conto de fadas original, o príncipe se apaixona por outra garota, partindo o coração da Pequena Sereia. Ela encara um dilema: se ela matar o príncipe e deixar uma gota do sangue dele pingar sobre seus pés, voltará a ser uma sereia. Por fim, ela não consegue fazer isso e, em vez disso, se joga no oceano, transformando-se em espuma do mar.

2. Cinderela

Cinderela

O conto de fadas original da Cinderela é completamente repugnante. Quando nenhuma de suas irmãs de criação consegue calçar o sapato de Cinderela, uma delas corta seu dedo do pé e a outra corta o calcanhar para enganar o príncipe. Mais tarde, a Cinderela envia seus pássaros mágicos para bicarem os olhos de suas irmãs, como punição por suas fraudes. Ah, e ela também bate com a tampa de um baú no pescoço de sua madrasta, quebrando-o e matando-a. Cinderela, você é má.

3. O Rei Leão

O Rei Leão

 Mesmo que O Rei Leão seja um plágio completo de um desenho japonês, a Disney afirma que é baseado em Hamlet, de Shakespeare – uma peça em que praticamente todo mundo morre. No clímax, Hamlet (o personagem em que Simba é baseado) é esfaqueado até a morte com uma faca envenenada. Hakuna matata!

4. Aladdin e os 40 Ladrões

Aladdin e os 40 Ladrões

 O material que originou o Aladdin é bastante comportado, mas a segunda sequência do filme tem origens mais sombrias. Em Ali Baba e os quarenta ladrões, o personagem Cassim (pai do Aladdin) é morto e esquartejado, e as partes do seu corpo são empilhadas em torno da caverna do tesouro como um aviso aos viajantes. Mais tarde, o corpo de Cassim é costurado por um alfaiate para que sua família pense que ele morreu de causas naturais.

5. A Bela Adormecida

A Bela Adormecida

 Na obra de Giambattista Basile, de 1634, o príncipe não consegue acordar a Bela Adormecida de seu sono, que é causado por uma farpa de linho em seu dedo. Então, o que o príncipe faz em vez disso? Ele a estupra e vai embora. A Bela Adormecida, ainda totalmente inconsciente, fica grávida e dá à luz a gêmeos. Um dos gêmeos chupa o dedo dela, tirando a farpa e acordando sua mãe. A Bela Adormecida acorda e pensa: “Mas que diabos, quem são essas crianças?” Fim.

6. Hércules

Hércules

O filme Hércules é baseado nos mitos gregos, que são um tanto confusos. Primeiro, Zeus engana a mãe de Hércules para fazer sexo com ela. Então, quando criança, Hércules mata seu tutor de música com uma lira. Mais tarde, ele se casa com Megara, mas enlouquece e mata todos os seus filhos. Ele se casa mais três vezes depois disso e tem incontáveis amantes homens.

7. O Cão e a Raposa

O Cão e a Raposa

Nossa, este é pesado. Nem leia. Apenas pule para o número 8.

De qualquer forma, no romance original, Tod tem um colapso por exaustão durante uma caçada e morre. O dono alcóolatra de Copper decide se mudar para um asilo, mas atira em Copper com uma espingarda antes de partir. Literalmente o pior fim imaginável.

8. O Corcunda de Notre Dame

O Corcunda de Notre Dame

 No romance original de Victor Hugo, Quasimodo trai Esmeralda depois que ela se recusa a amá-lo, levando-a a ser enforcada em uma praça. Apesar de tudo, ele se sente mal e fica ao lado do cadáver dela até ele próprio morrer de fome. O corpo deles é encontrado 18 meses mais tarde, e quando tentam separá-los, os ossos do Quasimodo viram poeira. O mundo é deveras cruel e malvado.

9. Pocahontas

Pocahontas

 Pocahontas era uma pessoa de verdade, e a vida dela era meio que uma droga. Ela meio que detestava o John Smith, que praticamente mentiu sobre tudo que aconteceu entre eles. Ela também foi sequestrada, mantida como refém por um ano, rebatizada de Rebecca e desfilou por aí como uma ferramenta de propaganda para então morrer aos 21 anos. E, então, seu túmulo foi destruído. Mas “Colors of the Wind” é uma música linda, não é mesmo?

10. Alice no País das Maravilhas

Alice no País das Maravilhas

 Lewis Carroll escreveu Alice no País das Maravilhas como uma sátira mordaz sobre os novos conceitos matemáticos polêmicos, como os números imaginários (você sabe, essas coisas sobre as quais a gente aprendeu na escola). Carroll era superconservador e das antigas, e achava que você tinha que estar sob o efeito de drogas para acreditar em conceitos tão avançados.

11. Peter Pan

Peter Pan

 No romance de J. M. Barrie, Peter mata os Meninos Perdidos quando eles ficam velhos: “Os meninos na ilha variam, é claro, em número, conforme eles são mortos e assim por diante, e quando eles parecem estar crescendo, que é contra as regras, Peter se desfaz deles”. Poxa, Peter. Isso é rude demais.

12. A Princesa e o Sapo

A Princesa e o Sapo

 Na primeira versão do conto de fadas A Princesa e o Sapo, a maldição do sapo é quebrada quando a princesa o joga contra a parede. Em algumas versões, a cabeça do sapo é cortada fora ou sua pele é queimada. Por que qualquer desses atos quebraria uma maldição ao invés de um simples beijo é o que ninguém sabe.
Fonte: BuzzFeed

11 formas do cachorro demonstrar amor pelo dono

Todo cachorro tem seu jeito de demonstrar carinho pelos donos e hoje trouxemos algumas dessas formas:

1. Abanando o rabo

O rabo do cachorro pode expressar diversos sentimentos diferentes, como felicidade, tensão e medo. Normalmente, a velocidade com que se move o rabo demonstra o que está sentindo. Se move calmamente, significa que o cachorro está tranquilo, mas se move rapidamente pode estar tenso. Mas também se move rapidamente e de maneira amigável, significa que ele está muito feliz em ver você!

2. Lambendo seu rosto

Lamber o rosto dos donos é uma das formas mais comuns e conhecidas do cachorro demonstrar amor pelo seu dono. Se ele faz isso frequentemente com você significa que ele te ama e tem muito carinho por você.

3. Pulando

Pular também é uma forma muito comum para os cachorros demonstrarem seu amor pelos donos, e é mais frequente quando os donos passam muito tempo longe de casa e quando chegam se deparam com essa situação. Os cachorro pulam porque querem lamber o rosto do dono e pular é maneira para se aproximar do rosto.

4. Te seguindo

Seguir o dono é uma maneira do cachorro demonstrar que está por perto e se socializar com o dono, além de demonstrar que está protegendo o seu melhor amigo.

5. Dormindo perto de você

Os cães têm o costume de dormir junto com pessoas e se realmente ele ama você, provavelmente ele vai querer dormir ou tirar uma soneca o mais perto possível de você.

6. Se preocupando quando você está doente

Os cachorros possuem uma sensibilidade que faz muita gente não acreditar. Mas quando você está doente ou apenas deprimido, ele provavelmente ficará ao seu lado para demonstrar apoio e carinho por você.

7. Lealdade

Todos nós já estamos acostumados a sempre ouvir as pessoas dizendo que os cães são as criaturinhas mais leais desse planeta e pode apostar que são mesmo. Se um dia você precisar, vai perceber o quanto seu cachorro é leal à você.

8. Encostando em você

Esse é um dos movimentos mais conhecidos pelos gatos, que ficam se esfregando nas pernas dos donos ou de qualquer pessoa que confiam. Os cachorros também fazem o mesmo quando percebem que seu dono vai sair de casa, para demonstrar o carinho e afeto que possuem.

9. Sorrindo

Sim, os cachorro também podem sorrir assim como nós para demonstrar que estão felizes. Se você alguma vez olhou para seu cachorro e sentiu que estava sorrindo, não tenha dúvida. Ele estava sorrindo para você porque estava feliz!!!

10. Fazendo xixi na sua frente

Pode parecer estranho, mas fazer essa necessidade diante dos donos é uma atitude muito comum para o cachorro demonstrar amor pelo dono, ainda mais frequente quando são filhotes.

11. Cheirando sua região íntima

Tem muita gente que se irrita com isso porque não entende, mas cheirar as partes íntimas do dono é como o cachorro estivesse cumprimentando, assim como nosso comum aperto de mão ou abraço. Pode até parecer estranho, mas essa também é uma forma dele demonstrar o repeito que tem por você.

Seu cachorro faz alguma das coisas acima para demonstrar o amor por você? Ou ele faz alguma outra coisa peculiar que não está em nossa das 11 formas do cachorro demonstrar amor pelo dono? Aproveite para comentar e compartilhar com todo mundo!

Consegui reconhecer quase todas essas formas na minha cachorrinha Yasmin. E olhando fotos antigas dela, encontrei algumas provas:

10372083_10202269960976769_1299331192575477981_n

1618569_10201634625253773_464945858_n

581596_3650303862551_1349336184_n

578128_10201053129796750_1901853431_n

531015_3580382714566_1178705929_n

529122_4680613859657_474980189_n

389717_3235089282446_2061486259_n

10588_4917908751881_584487693_n

Ps: Dormir é a especialidade dela :P